Um lugar de descobertas

Dentro da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, o Museu da Vida é um espaço de integração entre ciência, cultura e educação, que busca informar e educar em saúde e tecnologia de forma lúdica e criativa, tornando-se um dos equipamentos culturais mais visitados do Rio de Janeiro, em especial, por estudantes e professores, que encontram uma programação gratuita e sempre provocativa.

Sua localização geográfica, numa das áreas de menor IDH da América Latina (0,726), lhe confere um importante papel de inclusão e desenvolvimento local, em especial para a zona norte do RJ. Somente no último ano, mais de 1 milhão e 800 mil alunos foram alcançados por ações do MV, representando um resultado histórico e animador no processo de inclusão cultural, social e científica na cidade.

Além do Museu da Vida, nosso apoio compreende a operação do In vivo, um espaço para educação aberta de caráter interativo. Trata-se de um ecossistema digital, que oferece diversas soluções para armazenar, disponibilizar e garantir o acesso, em especial a estudantes e professores, de recursos educacionais sobre saúde, ciência e tecnologia, possibilitando a compreensão dos processos e progressos científicos e seu impacto na vida cotidiana.

A plataforma também tem o objetivo de gerar relatórios qualitativos e quantitativos, auxiliando politicas públicas educacionais. Somente neste ano tivemos mais de 1,4 milhões de acesso.

Clique aqui e saiba mais sobre a iniciativa.

Recurso aplicado via Lei Federal de Incentivo à Cultura

Localização: Rio de Janeiro (RJ)