Campo de Atlanta 100% Enauta com recorde de produção

Após a aprovação da modalidade de garantia corporativa como instrumento de garantia financeira de descomissionamento do Campo de Atlanta, a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) assinou, nesta sexta-feira, o aditivo ao Contrato de Concessão que conclui o processo de cessão dos 50% de participação da Barra Energia para a Enauta.

 

A partir de agora, passamos a reconhecer 100% dos resultados de Atlanta em nossas demonstrações financeiras, ante os 50% de participação detidos anteriormente.

 

Desta forma, reportaremos um aumento na produção de aproximadamente 9.000 para 18.000 barris de óleo por dia imediatamente.

 

Atualmente, o óleo de Atlanta é produzido por meio de dois poços. Em breve, mais um poço retornará à operação, ampliando a produção do Campo para cerca de 22.500 mil barris de óleo por dia. Esses três poços fazem parte do Sistema de Produção Antecipada (SPA).

 

O processo de licitação do FPSO e demais equipamentos necessários para a implantação do Sistema Definitivo (SD) já está em andamento. O início da produção, com 6 a 8 poços, está previsto para meados de 2024.

 

O montante de US$ 43,9 milhões devido pela Barra Energia, referente às operações de
abandono futuro dos três poços e ao descomissionamento das facilidades existentes no ativo, será pago ainda em junho de 2021.

 

Clique aqui e confira o Fato Relevante divulgado ao mercado.