Divulgação dos resultados do 3º Trimestre de 2019

Nossos resultados nesse terceiro trimestre refletem a transformação pela qual passamos ao longo dos últimos trimestres, desde que iniciamos a produção de óleo no Campo de Atlanta, em maio de 2018.

 

Em pouco mais de um ano, dobramos a nossa produção de óleo, e estamos nos preparando para atingir uma produção ainda maior, com a implementação do Sistema Definitivo no Campo. O Consórcio já aprovou o início das tomadas de preço para afretamento de um FPSO com capacidade entre 50 e 70 mil barris de óleo.

 

Nesse contexto, estamos animados com as perspectivas do nosso portfólio exploratório, sobretudo na Bacia de Sergipe-Alagoas. Ampliamos neste trimestre a nossa presença nesta Bacia com a aquisição de participação em três novos blocos, em conjunto com nossos parceiros no Consórcio, ExxonMobil e Murphy Oil, na Oferta Permanente de Licitações da ANP.

 

Em relação aos nossos ativos operacionais, quando iniciamos a produção no Campo de Atlanta, o desconto aplicado ao Brent, incluindo custos relacionados a transporte, logística e qualidade do óleo, era de US$18 a US$20 por barril. Esse valor, no terceiro trimestre, esteve entre US$10 e US$12, e permanece em trajetória de queda, o que é uma excelente notícia para a Companhia.

 

Do ponto de vista financeiro, Atlanta já representa 66% das nossas receitas no trimestre, e o crescimento na produção de óleo tem mais do que compensado o declínio na produção de gás do Campo de Manati. A demanda de gás na região nordeste do país apresentou uma recuperação nesse trimestre, principalmente em função do religamento das usinas termelétricas. Vale destacar que esse mercado também está passando por uma revolução, com o lançamento do Novo Mercado de Gás.

 

O aumento da receita tanto na comparação anual como sequencial refletiu principalmente a combinação de incremento da produção e redução do desconto do óleo de Atlanta. Também impactou positivamente nossa rentabilidade – o EBITDAX, o qual se manteve estável na comparação entre o 9M18 e o 9M19, sendo que em 2018 tivemos a contribuição da venda de nossa participação no Bloco BM-S-8. Nossa receita líquida acumulada nos nove meses foi de R$707 milhões, dos quais R$316 milhões foram registrados nesse terceiro trimestre de 2019, com EBITDAX de R$417 milhões. Na comparação entre 3T19 e 3T18, a margem EBITDAX subiu 6,3 p.p., para 59,6%.

 

Estamos bem posicionados para seguir crescendo nesse cenário. Somos especialistas em Brasil e temos track record no estabelecimento de parcerias comerciais com empresas globais que estejam ingressando no país.

 

Clique aqui para acessar nossa Central de Resultados.