Enauta registra recorde de produção total no Campo de Atlanta

 

Vivenciamos um marco em nossa história ao superar desafios complexos no Campo de Atlanta e alcançar um resultado expressivo para a companhia. Após implantação de soluções tecnológicas inovadoras para viabilizar a produção e perfuração dos três poços, o consórcio atingiu o marco de 30.462 barris de óleo por dia, uma conquista relevante em meio ao histórico desafiador do Campo.

 

“Estamos muito satisfeitos com a entrega da produção dos três poços próxima à capacidade máxima de processamento do FPSO. Isso demonstra o nosso comprometimento com as metas operacionais e a crença na capacidade operacional do Campo de Atlanta, o que nos dá confiança para avançar para o Sistema Definitivo”, afirmou nosso Diretor-presidente, Lincoln Guardado.

 

A utilização das melhores técnicas, unidas ao DNA pela pesquisa e inovação, garantiu conquistarmos hoje este resultado. A perfuração do terceiro poço do Sistema de Produção Antecipada foi concluída no primeiro trimestre do ano e o navio-sonda Laguna Star foi deslocado para a substituição das bombas de fundo dos dois poços que já estavam em produção.

 

Localizado no Bloco BS-4, na Bacia de Santos, Atlanta é um campo de óleo do pós-sal situado a 185 quilômetros da cidade do Rio de Janeiro, em lâmina d’água de aproximadamente 1.500 metros. O Plano de Desenvolvimento consiste em um Sistema de Produção Antecipada – SPA, seguido por um Sistema Definitivo, SD. Devido às inovações tecnológicas do SPA, a Enauta captou recursos junto a Finep no valor de R$266 milhões e conjugou sistemas e ferramentas de forma inédita para dar início à produção do Campo.